Pular para o conteúdo principal

#29 – 33ª Corrida do Fogo

Manter o ritmo, o foco e a motivação, tá difícil…

São exatos 32 meses participando de corridas, mas nunca estive tão xôxo. Alimentação (mais ou menos) controlada, acordar cedo… Participar de corrida; Fortaleza-Sobral-Fortaleza… Apesar de incontestavelmente benéfico, chega uma hora que dá aquela vontade de jogar tudo pro alto e surfar com uma prancha de pizza num mar de sorvete.

Mas ai eu penso um pouco e lembro dos exames de sangue, e passa. Bora correr.

Ultimamente os treinos são mais legais do que as corridas. Ok, ainda tem aquele desafio de baixar (ou pelo menos manter) o pace de 5’30”, 6’00”, mas treinar tem sido mais legal… Acabou, tá em casa.

Só que é bom ganhar uma medalhinha. O ritual de chegar em casa e levantar o Bacurau para que ele pendure a medalha, deve ser mantido. Então, quando der certo, me inscrevo. Ou me inscrevem, como aconteceu dessa vez.

Nem sei quem fez minha inscrição, se o Válber ou a Adriana. Só sei que ao chegar na casa de minha mãe, o kit já estava me esperando: camisa, número de peito e chip. Corrida com taxa de R$ 10,00 mais lata de leite. É a 33ª Corrida do Fogo, organizada pelo Corpo de Bombeiros.

Pelo número da edição, nota-se que é uma corrida tradicional. Talvez a mais antiga de Fortaleza… Será?

Outro fato interessante é que a corrida é totalmente sem patrocínio. Pelo menos não tinha nada evidente na medalha, camisa ou número de peito. Acho que é uma opção do Corpo de Bombeiros pois, ao meu ver, uma corrida em sua 33ª edição conseguiria patrocínio com relativa facilidade. Sendo assim, preparemo-nos para os descontos.

Dessa vez fomos Válber, Rosinha, Adriana, Víctor e eu. Marta ainda se recupera de lesão no joelho (voltou antes do tempo, gastará mais tempo). Saímos por volta de 5h e rapidinho chegamos na praça do Liceu do Ceará. Eis um outro ponto positivo em participar de corridas: acabo conhecendo Fortaleza, pois apesar de ter morado 26 anos na capital, conheço pouca coisa.

Pensávamos que a largada seria 6h30. Fizemos nosso aquecimento, alongamento, mas só partimos às 7h.



Estávamos preparados para 8,5km. Saímos da Praça do Liceu, fomos em direção à Avenida Leste-Oeste, entramos à direita e retornamos mais ou menos em frente ao Marina Park. Até ai, eu estava seguindo o Valber Leão num ritmo muito forte, com pace abaixo de 5’00”. Ao chegar no primeiro posto de hidratação, exatamente no retorno, abri o bico e diminui o ritmo. Afinal, tinha a temida Subida do IML logo à frente.

Ai, nesse trecho de cerca de 3km, o sol ficou furioso. Quase chorei chamando por Sobral. Mas, vamos lá. Afinal, eram “só” 8,5km. O outro retorno, no segundo posto de hidratação era lá na baixa… Motor esquentando…

Diminui um pouco mais o ritmo e depois consegui retomar o equilíbrio das coisas.



Ao final, tempo de 42’07”, mas para apenas 7,5km, o que equivale a um pace médio de 5’37”. Tá bom demais…



Sobre a corrida, em si, além de 1 km, faltaram balizamento e placas indicativas de quilômetros. Na área de concentração, demoraram a isolar o trecho da largada, e o aquecimento teve que ser na praça do Liceu, cheirosa que só ela… Medalha bonita, água da Cagece, banana e laranja. E a parte que acontecia dentro e no entorno do quartel, funcionou muito bem.



Sobre a temporada 2016, foi um ano excelente. Muitos treinos diferentes e desafiadores, diminuição (e manutenção) do peso, além de 10 corridas, sendo uma delas minha primeira meia-maratona; comecei em janeiro com pace médio de 6’27” e em dezembro, 5’30”. Em janeiro 72kg; em dezembro 69kg. Nada mal 🙂
CorridaCorridaDataTempoPace (médio)Distancia (km)
12ª Amigos de Fátima20/02/201601:0206:279,6
2Estações – Outono/CE03/04/201601:02:0606:129,8
324ª Unifor19/06/201601:04:4006:1010
47ª Pé na Carreira31/07/201600:55:5305:359,97
5SESC-Sobral*11/09/201600:56:4105:4010
67ª Pague Menos25/09/201602:17:5506:3421,19
7Corrida do Médico*16/10/201600:57:0305:3610,18
8II Corrida BNB06/11/201600:59:1105:5310,06
9I Corrida Dry Fit*20/11/201600:51:4905:219,7
1033ª Corrida do Fogo11/12/201600:42:0705:307,65
10:49:2505:53108,15

(*) Corridas em Sobral, Ceará.

Agora é voltar aos treinos. Corrida, ainda não sei quando. Espero encontrar meios para driblar essa preguiça que tem me perseguido desde os 21k. Vamos manter o conquistado até aqui :).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#42 – II Meia Maratona de Sobral

Metade do ano já se foi e só agora conquistei minha segunda medalha… E foi bem conquistada 😀 Parece que Sobral, definitivamente, tem um calendário de provas. Salvo engano esta foi a quarta prova em 2018 e confirmadas já estão pelo menos mais sete! A de ontem foi a nova queridinha dos corredores sobralenses: a Meia Maratona de Sobral – MMS, em sua segunda edição. Assim como em 2017 , ótimo custo benefício – inscrições entre 30 e 50 reais – e excelente premiação: mais de 36 mil reais. Prêmio em dinheiro, medalha e troféu para os três primeiros em cada distância (masculino e feminino), premiação por categoria, premiação especial para quem reside em Sobral, premiação para cadeirantes e paratletas. Tudo pago na hora. Chegou, ganhou. A divulgação começou um pouco mais cedo que em 2017 e me pareceu melhor: rádio, comercial naquelas TVs de shopping e supermercado, Facebook da prefeitura… No entanto, parece que os corredores demoraram um pouco para se empolgar com o evento. As inscriçõe

#58 – Corrida de 3 anos da Sprint Training

Hoje teve mais uma corridinha em Sobral. Em comemoração ao seu terceiro ano, a Sprint organizou uma corrida festiva nas distâncias de 3km, 5km e 10km. Inscrições custando 50 reais feitas diretamente com os professores da assessoria. Fiz a minha quase no final do prazo… Pensei no bolo de aniversário do ano passado, que tava muito gostoso, e resolvi ir. Kit retirado na noite da sexta-feira, oportunidade para conversar sobre os 100k completados na semana anterior pelo nosso treinador Celso Trindade. Também peguei os kits de duas vizinhas corredoras, Camilla e Lara. No dia seguinte, aproveitando que o sol está nascendo mais cedo nessa época do ano, saímos do nosso distrito às 4h30. Como sábado é dia de longão e a maior distância na corrida seria 10k, resolvemos ir já correndo, para totalizar algo entre 16k e 17k ao final. Abafado muito! Cesário (esq.), Alexandre e eu. Chegamos ao ponto de largada – Arco de Nossa Senhora – por volta das 5h20. Encontramos o povo da assesso

1ª Sprint Kids

Dentro do agitado calendário de corridas em Sobral e também em comemoração ao Dia da Criança, a assessoria Sprint Training organizou uma “corrida de pivetes”, a 1ª Sprint Kids. A divulgação se deu através de redes sociais e as inscrições custaram 30 reais, feitas diretamente com o prof. Wladir. Podiam participar atletinhas de 2 a 13 anos e, claro, os daqui de casa não iam ficar de fora… Na noite de sexta, dia 11 de outubro os kits foram entregues no point da Sprint no Centro de Convenções. Anderson e Wladir estavam lá e retirei sem problemas. No sábado o evento começaria às 6h30. Acordamos as 5h e as 6h10 estávamos na ótima pista de atletismo da Vila Olímpica de Sobral, onde o papai treina algumas vezes. Aliás, a Vila está com a reforma da piscina em andamento e a construção de uma quadra. Céu limpo. Sem uma nuvem sequer. A organização fazia os últimos ajustes na decoração do ambiente. O pessoal dos pula-pulas demorou a chegar – o que acabou atrasando o início do evento – e