Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

A corrida chegou nos meus amigos!

São aproximadamente 20 anos de amizade. Nos conhecemos na Igreja, mais precisamente na Comunidade Santo Antônio, bairro de Granja Portugal em Fortaleza. Periferia pobre, violenta, com poucas opções de ocupação (saudável) da mente e do corpo. Na década de 1990 tivemos a felicidade de ter o Pe. Júlio como pároco de nossa comunidade. Foi um período revolucionário tanto do ponto de vista estrutural da comunidade como, principalmente, das ações voltadas para os jovens. Ele sempre foi um padre altamente jovial. Uma das "frentes de ação" era a pastoral de Crisma. Saímos de pouco mais de 15 crismados em 1994 para algo em torno de 200, uns cinco anos depois. Obviamente que em qualquer grupo de pessoas, humanas, não existe homogeneidade. De 15, uns seguem num bom rumo - não necessariamente ainda dentro da igreja. Mas de 200, a chance de que mais gente tenha um futuro decente, aumenta. E era essa a diferença da liderança do Pe. Júlio: um cuidado para além das paredes da Igreja.