Pular para o conteúdo principal

Por quê entrei nessa?

Um dos benefícios da corrida: acompanhar o nascer do sol.

Já há algum tempo eu vinha praticando caminhada e corrida. Mais especificamente, caminhada; desde 2006, cerca de um ano depois de chegar à Sobral.

Este início se deu por recomendação médica. Colesterol e triglicerídios em níveis altos têm me acompanhado desde que comecei a fazer exames de check-up. Como a alimentação nunca foi um grande problema, a prática de exercícios físicos era uma alternativa para que tudo se normalizasse sem o uso de medicamentos.

Passaram-se os anos e continuei. Maior interesse aqui, menor interesse ali, mas sempre tendo pelo menos a caminhada na rotina de atividades semanais. Em alguns momentos, academia também. Enquanto isso, os exames de sangue sempre me mostrando que eu não poderia relaxar com relação a isso. Ainda bem que o coração sempre se mostrou bem, isto é, eu tinha todos os motivos para praticar esportes.

Paralelamente, o futebol - society e futsal - estavam presentes, mas como nunca fui um Alex, um Zico, um Neto ou qualquer um desses caras que usaram a 10 com propriedade, fui aos poucos perdendo o interesse na prática. A dificuldade em arrumar local para "rachas" e "peladas", acelerou o processo.

Ai, em 2013 acontece, talvez, o fato determinante para que eu entrasse no mundo das corridas. Um grande amigo e incentivador teve uma daquelas perdas irreparáveis, que pode acontecer com qualquer um de nós. Como era de se esperar, mesmo na dor, ele seguiu - na medida do possível. Ele usou as corridas de rua como forma de homenagear a pessoa a quem ele tanto ama, mas que foi para outro plano antes do que esperávamos. Cada corrida uma medalha; cada medalha uma mensagem cheia de saudade...


Uma vez que esse meu amigo é meu ídolo no mundo esportivo, pensei: posso tentar também. Devo fazer coisas que sirvam de incentivo e exemplo para aqueles que amo. E foi ai que decidi participar de corridas.


Comecei a treinar mais seriamente no início de 2014. Pelo meu horário de trabalho, tive que me disciplinar e começar a criar uma rotina de treinos cedinho. Muito ruim no começo. Principalmente pelo fato de eu nunca conseguir dormir num dia para acordar no outro. A Ju, todo dia me dizia: "vai de manhã que é melhor, rapaz!".  A insistência deu certo e em abril lá estava eu, na 12ª Meia Maratona de Fortaleza, para minha primeira corrida.


Criei esse blog para fazer uma memória das minhas aventuras nas corridas. Aliás, essa foi uma ideia que surgiu depois da primeira prova, quando a empolgação tomou conta de mim. Vai que alguém gosta de ler e quer saber como são?

Também faço planos de usar o espaço para falar de corridas em geral. Quem sabe...

Abraços e kms!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#42 – II Meia Maratona de Sobral

Metade do ano já se foi e só agora conquistei minha segunda medalha… E foi bem conquistada 😀 Parece que Sobral, definitivamente, tem um calendário de provas. Salvo engano esta foi a quarta prova em 2018 e confirmadas já estão pelo menos mais sete! A de ontem foi a nova queridinha dos corredores sobralenses: a Meia Maratona de Sobral – MMS, em sua segunda edição. Assim como em 2017 , ótimo custo benefício – inscrições entre 30 e 50 reais – e excelente premiação: mais de 36 mil reais. Prêmio em dinheiro, medalha e troféu para os três primeiros em cada distância (masculino e feminino), premiação por categoria, premiação especial para quem reside em Sobral, premiação para cadeirantes e paratletas. Tudo pago na hora. Chegou, ganhou. A divulgação começou um pouco mais cedo que em 2017 e me pareceu melhor: rádio, comercial naquelas TVs de shopping e supermercado, Facebook da prefeitura… No entanto, parece que os corredores demoraram um pouco para se empolgar com o evento. As inscriçõe

#58 – Corrida de 3 anos da Sprint Training

Hoje teve mais uma corridinha em Sobral. Em comemoração ao seu terceiro ano, a Sprint organizou uma corrida festiva nas distâncias de 3km, 5km e 10km. Inscrições custando 50 reais feitas diretamente com os professores da assessoria. Fiz a minha quase no final do prazo… Pensei no bolo de aniversário do ano passado, que tava muito gostoso, e resolvi ir. Kit retirado na noite da sexta-feira, oportunidade para conversar sobre os 100k completados na semana anterior pelo nosso treinador Celso Trindade. Também peguei os kits de duas vizinhas corredoras, Camilla e Lara. No dia seguinte, aproveitando que o sol está nascendo mais cedo nessa época do ano, saímos do nosso distrito às 4h30. Como sábado é dia de longão e a maior distância na corrida seria 10k, resolvemos ir já correndo, para totalizar algo entre 16k e 17k ao final. Abafado muito! Cesário (esq.), Alexandre e eu. Chegamos ao ponto de largada – Arco de Nossa Senhora – por volta das 5h20. Encontramos o povo da assesso

1ª Sprint Kids

Dentro do agitado calendário de corridas em Sobral e também em comemoração ao Dia da Criança, a assessoria Sprint Training organizou uma “corrida de pivetes”, a 1ª Sprint Kids. A divulgação se deu através de redes sociais e as inscrições custaram 30 reais, feitas diretamente com o prof. Wladir. Podiam participar atletinhas de 2 a 13 anos e, claro, os daqui de casa não iam ficar de fora… Na noite de sexta, dia 11 de outubro os kits foram entregues no point da Sprint no Centro de Convenções. Anderson e Wladir estavam lá e retirei sem problemas. No sábado o evento começaria às 6h30. Acordamos as 5h e as 6h10 estávamos na ótima pista de atletismo da Vila Olímpica de Sobral, onde o papai treina algumas vezes. Aliás, a Vila está com a reforma da piscina em andamento e a construção de uma quadra. Céu limpo. Sem uma nuvem sequer. A organização fazia os últimos ajustes na decoração do ambiente. O pessoal dos pula-pulas demorou a chegar – o que acabou atrasando o início do evento – e