Pular para o conteúdo principal

#11 - Circuito das Estações - Etapa Inverno

Depois de dois tempos ruins - dada a quantidade de treinos - procurei treinar melhor em busca de ganhar velocidade. A resistência estava aceitável. A velocidade, uma lástima. Portanto, mais treinos intervalados, inclusive em subidas.

Chegou então 14 de junho, dia da segunda etapa do Circuito das Estações ou Etapa Inverno. Novamente o kit foi entregue na loja Centauro do Shopping Rio Mar e, de novo, fui na sexta-feira, como de costume. Camisa azul no tal tecido tecnológico em comemoração aos 10 anos do circuito.

Mais uma camisa com tecido "tecnológico".
No dia da prova, tempo chuvoso em Fortaleza. Já durante o aquecimento uma chuva relativamente forte. 

O percurso era o mesmo de sempre, mas agora no sentido horário (levando em conta o Norte), com a temida subida do IML entre os quilômetros 5 e 6 e as pedras da Rua dos Tabajaras no final do quilômetro 8. Apesar da tal subida continuar mais ou menos na metade da prova, prefiro o percurso no sentido anti-horário. Acho que psicologicamente é melhor... Sei lá!

A diferença, no entanto, estava no meu desempenho. Nada olímpico, mas geralmente a partir do quilômetro 7, meu pace subia para a casa dos 7:30 min/km ou até 8 min/km. Dessa vez, me senti mais inteiro nessa fase da prova e resolvi arriscar imprimir um ritmo um pouco mais forte. Surtiu efeito.

Parciais segundo o aplicativo Runkeeper.

Ao final, tempo de 1h11min22seg, o que dá um pace médio de 7:08 min/km. Ou seja, em três semanas consegui baixar um pouco mais de 10% o tempo de prova. Para mim, excelente!

Um dia ainda tomo banho de mar depois de uma prova.

Agora era seguir a rotina de treinos com os odiáveis treinos intervalados. Não tem jeito: para melhorar a velocidade, esse tipo de treino tem que fazer parte da planilha. Agora, uma nova meta traçada: fechar o ano com um tempo sub 60'. Próxima etapa: Circuito de Corridas Caixa, apenas em agosto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#42 – II Meia Maratona de Sobral

Metade do ano já se foi e só agora conquistei minha segunda medalha… E foi bem conquistada 😀 Parece que Sobral, definitivamente, tem um calendário de provas. Salvo engano esta foi a quarta prova em 2018 e confirmadas já estão pelo menos mais sete! A de ontem foi a nova queridinha dos corredores sobralenses: a Meia Maratona de Sobral – MMS, em sua segunda edição. Assim como em 2017 , ótimo custo benefício – inscrições entre 30 e 50 reais – e excelente premiação: mais de 36 mil reais. Prêmio em dinheiro, medalha e troféu para os três primeiros em cada distância (masculino e feminino), premiação por categoria, premiação especial para quem reside em Sobral, premiação para cadeirantes e paratletas. Tudo pago na hora. Chegou, ganhou. A divulgação começou um pouco mais cedo que em 2017 e me pareceu melhor: rádio, comercial naquelas TVs de shopping e supermercado, Facebook da prefeitura… No entanto, parece que os corredores demoraram um pouco para se empolgar com o evento. As inscriçõe

#58 – Corrida de 3 anos da Sprint Training

Hoje teve mais uma corridinha em Sobral. Em comemoração ao seu terceiro ano, a Sprint organizou uma corrida festiva nas distâncias de 3km, 5km e 10km. Inscrições custando 50 reais feitas diretamente com os professores da assessoria. Fiz a minha quase no final do prazo… Pensei no bolo de aniversário do ano passado, que tava muito gostoso, e resolvi ir. Kit retirado na noite da sexta-feira, oportunidade para conversar sobre os 100k completados na semana anterior pelo nosso treinador Celso Trindade. Também peguei os kits de duas vizinhas corredoras, Camilla e Lara. No dia seguinte, aproveitando que o sol está nascendo mais cedo nessa época do ano, saímos do nosso distrito às 4h30. Como sábado é dia de longão e a maior distância na corrida seria 10k, resolvemos ir já correndo, para totalizar algo entre 16k e 17k ao final. Abafado muito! Cesário (esq.), Alexandre e eu. Chegamos ao ponto de largada – Arco de Nossa Senhora – por volta das 5h20. Encontramos o povo da assesso

1ª Sprint Kids

Dentro do agitado calendário de corridas em Sobral e também em comemoração ao Dia da Criança, a assessoria Sprint Training organizou uma “corrida de pivetes”, a 1ª Sprint Kids. A divulgação se deu através de redes sociais e as inscrições custaram 30 reais, feitas diretamente com o prof. Wladir. Podiam participar atletinhas de 2 a 13 anos e, claro, os daqui de casa não iam ficar de fora… Na noite de sexta, dia 11 de outubro os kits foram entregues no point da Sprint no Centro de Convenções. Anderson e Wladir estavam lá e retirei sem problemas. No sábado o evento começaria às 6h30. Acordamos as 5h e as 6h10 estávamos na ótima pista de atletismo da Vila Olímpica de Sobral, onde o papai treina algumas vezes. Aliás, a Vila está com a reforma da piscina em andamento e a construção de uma quadra. Céu limpo. Sem uma nuvem sequer. A organização fazia os últimos ajustes na decoração do ambiente. O pessoal dos pula-pulas demorou a chegar – o que acabou atrasando o início do evento – e