Pular para o conteúdo principal

#06 - I Corrida Blosson Ville

Depois das cinco corridas em 2014, tomei algumas decisões. Primeiro, que em 2015 só participaria de provas de 10 Km. Depois, que tentaria participar do máximo de provas que eu pudesse. A maioria das corridas são em Fortaleza e a logística nem sempre é agradável. Além do fato das inscrições serem, em média, 75 reais. Fazendo uma conta rápida, 10 corridas representam 750 reais só de inscrições. E em um ano, aprendi que uns dois pares de tênis novos são necessários; afinal, são treinos e corridas. Enfim, a empolgação deveria ser combatida.

Em 2014 conheci o site dos Corredores de Rua do Ceará (CORCE) e lá tem um calendário de corridas constantemente atualizado. Corridas em Fortaleza e no interior. Foi lá que descobri uma corrida programada para Sobral em homenagem ao Dia Internacional da Mulher: a I Corrida Blosson Ville, no dia 8 de março de 2015. Em casa, pois.

Havia um número de telefone e o adicionei na agenda. Havia Whatsapp associado. Pedi algumas informações e prontamente a pessoa do outro lado respondeu. Inscrições ao preço de 25 reais. No dia seguinte fui até a VIP academia e realizei a inscrição.

A minha rotina de treinos estava bem disciplinada. Treinos sempre as terças, quintas e domingos. Me sentia cada vez melhor na distância de 10 km. Agora tinha incorporado treino de tiros em subida, treino subindo a serra e indo pra academia com maior frequência - às segundas, quartas e sextas.

Aproveitei e fiz um planejamento para 2015 baseado no calendário fornecido pela CORCE. Uma média de 1 corrida por mês. Como já era março, em algumas situações eu participaria de duas corridas no mês.

Na sexta feira anterior à corrida, compareci a loja Blosson Ville para pegar o kit. Pessoal bem atencioso e gentil. Na minha sexta corrida, recebo o número 6. Interessante, mas não quer dizer coisa alguma. No kit, muitos brindes além da sacola e da camisa. Inclusive protetor solar! Ah, como isso é importante e praticamente não colocam nos kits.

Prova em casa, é de lei: família tem que prestigiar.

No dia da prova, chegamos bem cedo. Ju e JC foram, claro. Prova em casa, sabe como é... O pessoal da organização ainda ajustava os últimos detalhes.

O percurso divulgado pela organização do evento era semelhante ao do Circuito SESC, mas um pouco mais plano. Devido às obras no centro de Sobral, houve uma mudança de última hora. O percurso ficou com 10,7 km.

Antes da largada, tempo para cumprimentar os amigos.

Com o ídolo, antes da largada.

A prova começou com um pequeno atraso, mas com um bom número de participantes. A organização foi do Mauro Bonfim, educador físico que trabalha em Sobral. Acho muito legal quando a iniciativa de organização de corridas parte de quem é do ramo. Não tem aquele clima de "Fortal" ou "Carnabral", mas de prática de esporte, de fato.

Começada a corrida, lá fomos nós saindo da loja Blosson Ville em direção à Igreja Menino Deus e depois, passando pela Rua Oriano Mendes e entrando à direita na Fernandes Távora. Fomos até quase a entrada para a cidade de Groaíras e voltamos pela mesma Fernandes Távora até chegar à rotatória do Arco. Passamos pelo Teatro São João, igreja Menino Deus, novamente, até voltar à loja.

No caminho encontrei alguém que estava com o mesmo pace e fizemos mais da metade da prova juntos. O triste é que não sei o nome da figura. "Desculpem a nossa falha" diria Cid Moreira quando estava à frente do Jornal Nacional.

Meu parceiro de corrida. O '125'.

Ao final, tempo de 1h18min. Mas como o percurso era de mais de 10 km, isso representava uma boa melhoria no tempo.

Na chegada da prova, salada de fruta para os participantes. Apesar de não haver cronometragem, foi uma boa prova. Numa cidade onde - relativamente - tanta gente pratica corrida de rua, são necessárias mais parcerias como essa do Mauro Bonfim com a loja Blosson Ville.

Kit de corrida/pós-corrida.
O próximo desafio já estava marcado: 29 de março para a primeira etapa do Circuito das Estações 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#42 – II Meia Maratona de Sobral

Metade do ano já se foi e só agora conquistei minha segunda medalha… E foi bem conquistada 😀 Parece que Sobral, definitivamente, tem um calendário de provas. Salvo engano esta foi a quarta prova em 2018 e confirmadas já estão pelo menos mais sete! A de ontem foi a nova queridinha dos corredores sobralenses: a Meia Maratona de Sobral – MMS, em sua segunda edição. Assim como em 2017 , ótimo custo benefício – inscrições entre 30 e 50 reais – e excelente premiação: mais de 36 mil reais. Prêmio em dinheiro, medalha e troféu para os três primeiros em cada distância (masculino e feminino), premiação por categoria, premiação especial para quem reside em Sobral, premiação para cadeirantes e paratletas. Tudo pago na hora. Chegou, ganhou. A divulgação começou um pouco mais cedo que em 2017 e me pareceu melhor: rádio, comercial naquelas TVs de shopping e supermercado, Facebook da prefeitura… No entanto, parece que os corredores demoraram um pouco para se empolgar com o evento. As inscriçõe

#58 – Corrida de 3 anos da Sprint Training

Hoje teve mais uma corridinha em Sobral. Em comemoração ao seu terceiro ano, a Sprint organizou uma corrida festiva nas distâncias de 3km, 5km e 10km. Inscrições custando 50 reais feitas diretamente com os professores da assessoria. Fiz a minha quase no final do prazo… Pensei no bolo de aniversário do ano passado, que tava muito gostoso, e resolvi ir. Kit retirado na noite da sexta-feira, oportunidade para conversar sobre os 100k completados na semana anterior pelo nosso treinador Celso Trindade. Também peguei os kits de duas vizinhas corredoras, Camilla e Lara. No dia seguinte, aproveitando que o sol está nascendo mais cedo nessa época do ano, saímos do nosso distrito às 4h30. Como sábado é dia de longão e a maior distância na corrida seria 10k, resolvemos ir já correndo, para totalizar algo entre 16k e 17k ao final. Abafado muito! Cesário (esq.), Alexandre e eu. Chegamos ao ponto de largada – Arco de Nossa Senhora – por volta das 5h20. Encontramos o povo da assesso

1ª Sprint Kids

Dentro do agitado calendário de corridas em Sobral e também em comemoração ao Dia da Criança, a assessoria Sprint Training organizou uma “corrida de pivetes”, a 1ª Sprint Kids. A divulgação se deu através de redes sociais e as inscrições custaram 30 reais, feitas diretamente com o prof. Wladir. Podiam participar atletinhas de 2 a 13 anos e, claro, os daqui de casa não iam ficar de fora… Na noite de sexta, dia 11 de outubro os kits foram entregues no point da Sprint no Centro de Convenções. Anderson e Wladir estavam lá e retirei sem problemas. No sábado o evento começaria às 6h30. Acordamos as 5h e as 6h10 estávamos na ótima pista de atletismo da Vila Olímpica de Sobral, onde o papai treina algumas vezes. Aliás, a Vila está com a reforma da piscina em andamento e a construção de uma quadra. Céu limpo. Sem uma nuvem sequer. A organização fazia os últimos ajustes na decoração do ambiente. O pessoal dos pula-pulas demorou a chegar – o que acabou atrasando o início do evento – e