Pular para o conteúdo principal

#05 - I Corrida Vida e Saúde UECE

A "Missão 2014" havia sido cumprida em outubro. A princípio só me inscreveria para provas em 2015. Mas percebi que meu ritmo de treinos estava deixando a desejar. Aquela acomodação desgraçada que se aproveita das situações.

Algumas semanas depois da prova de outubro, acabei participando de um evento na Universidade Estadual do Ceará (UECE). Evento de Matemática, com alguns alunos da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Fiquei sabendo que aconteceria ali uma corrida. Ora, me inscrevi, claro! 

A prova estava marcada para o dia 14 de dezembro e o percurso dos 10K iria da UECE ao Castelão (hoje Arena Castelão, argh!) e depois voltaria para a UECE. Gostei da chance de ver o novo estádio de pertinho e devagar. Não tenho prática de ir à jogos.

Porém, na sexta-feira anterior a corrida, lá estava eu de novo na UECE para mais um evento. Uma palestra durante a Semana de Matemática da UECE. Antes disso, uma semana complicada com gripe e desarranjos intestinais que se manifestaram até minutos antes da prova. Isso me fez mudar a modalidade para 5K quando fui receber o kit. O rapaz da Chiptime mudou em segundos.

No dia da prova, tudo tranquilo. Ou quase tudo. Chegar à UECE é fácil e o estacionamento estava liberado. 

Cheguei, estacionei, aqueci e procurei um banheiro. 

Precisei. Precisei muito de um banheiro, mas todos eles estavam fechados. Trancafiados.

Os banheiros químicos só foram liberados para uso um pouco antes das 7h. Para acabar de completar, não tinha papel! E como se sabe, quando você precisa de papel e não há papel, esse fato só é percebido quando procuramos o papel e não o encontramos. 

Já era possível ouvir a reclamação de quem estava na fila.

Não vou dizer aqui como me safei, mas mantive minhas mãos limpas. Não se preocupem. Foi uma solução pacífica.

Como a largada da prova atrasou, resolvi voltar ao aquecimento. Tudo aparentemente bem com meu intestino. Fomos para a largada e deu tempo ouvir umas quatro músicas do Arcade Fire - no meu ouvido, claro. 

Finalmente foi dada a largada e o novo percurso não me deixaria ver o Castelão de pertinho. Ficamos apenas na Silas Munguba, antiga Dedé Brasil, mas antes dando uma volta pelo Campus Itapery.

Clima agradável, com uma chuvinha fina. Foi a primeira vez que vi os fotógrafos da Fotos Run (Rubens de Mello) e Truke Mídia (Dudu Ruiz) em ação. Os caras vão e fotografam só por amor à fotografia e à corrida. Legal demais!

Foto: Rubens de Mello - Fotos Run.

Foto; Dudu Ruiz - Truke Mídia.

Ao final, terminei a prova inteiro e sem problemas. Agora sim, provas só em 2015.

Medalha da prova. Pena que, ao que tudo indica, não acontecerá em 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#42 – II Meia Maratona de Sobral

Metade do ano já se foi e só agora conquistei minha segunda medalha… E foi bem conquistada 😀 Parece que Sobral, definitivamente, tem um calendário de provas. Salvo engano esta foi a quarta prova em 2018 e confirmadas já estão pelo menos mais sete! A de ontem foi a nova queridinha dos corredores sobralenses: a Meia Maratona de Sobral – MMS, em sua segunda edição. Assim como em 2017 , ótimo custo benefício – inscrições entre 30 e 50 reais – e excelente premiação: mais de 36 mil reais. Prêmio em dinheiro, medalha e troféu para os três primeiros em cada distância (masculino e feminino), premiação por categoria, premiação especial para quem reside em Sobral, premiação para cadeirantes e paratletas. Tudo pago na hora. Chegou, ganhou. A divulgação começou um pouco mais cedo que em 2017 e me pareceu melhor: rádio, comercial naquelas TVs de shopping e supermercado, Facebook da prefeitura… No entanto, parece que os corredores demoraram um pouco para se empolgar com o evento. As inscriçõe

#58 – Corrida de 3 anos da Sprint Training

Hoje teve mais uma corridinha em Sobral. Em comemoração ao seu terceiro ano, a Sprint organizou uma corrida festiva nas distâncias de 3km, 5km e 10km. Inscrições custando 50 reais feitas diretamente com os professores da assessoria. Fiz a minha quase no final do prazo… Pensei no bolo de aniversário do ano passado, que tava muito gostoso, e resolvi ir. Kit retirado na noite da sexta-feira, oportunidade para conversar sobre os 100k completados na semana anterior pelo nosso treinador Celso Trindade. Também peguei os kits de duas vizinhas corredoras, Camilla e Lara. No dia seguinte, aproveitando que o sol está nascendo mais cedo nessa época do ano, saímos do nosso distrito às 4h30. Como sábado é dia de longão e a maior distância na corrida seria 10k, resolvemos ir já correndo, para totalizar algo entre 16k e 17k ao final. Abafado muito! Cesário (esq.), Alexandre e eu. Chegamos ao ponto de largada – Arco de Nossa Senhora – por volta das 5h20. Encontramos o povo da assesso

1ª Sprint Kids

Dentro do agitado calendário de corridas em Sobral e também em comemoração ao Dia da Criança, a assessoria Sprint Training organizou uma “corrida de pivetes”, a 1ª Sprint Kids. A divulgação se deu através de redes sociais e as inscrições custaram 30 reais, feitas diretamente com o prof. Wladir. Podiam participar atletinhas de 2 a 13 anos e, claro, os daqui de casa não iam ficar de fora… Na noite de sexta, dia 11 de outubro os kits foram entregues no point da Sprint no Centro de Convenções. Anderson e Wladir estavam lá e retirei sem problemas. No sábado o evento começaria às 6h30. Acordamos as 5h e as 6h10 estávamos na ótima pista de atletismo da Vila Olímpica de Sobral, onde o papai treina algumas vezes. Aliás, a Vila está com a reforma da piscina em andamento e a construção de uma quadra. Céu limpo. Sem uma nuvem sequer. A organização fazia os últimos ajustes na decoração do ambiente. O pessoal dos pula-pulas demorou a chegar – o que acabou atrasando o início do evento – e